Maria Barroso foi hospitalizada no Hospital da Cruz Vermelha, confirmou a TVI24 junto de fonte próxima da família. A presidente da Fundação Pro Dignitate está em estado grave e já foi visitada pelo marido, Mário Soares.

“Está em como profundo, com uma hemorragia intracraniana, fruto de um traumatismo [em resultado] de uma pequena queda em casa”.
 
“A situação é muito complicada. Não tem indicação neurocirúrgica. De maneira que, neste momento, está numa situação de Glasgow3”, ou seja, “é um coma profundo que precede geralmente a morte do tronco cerebral. Não há grandes expetativas”, explicou Eduardo Barroso à TVI24. 


Maria Barroso deu entrada no hospital "consciente"

 

Estava “consciente. Fui eu que a levei no carro. Teve um dia felicíssimo. Perfeitamente lúcida, preocupada até com o facto de nós acharmos que não era preciso tirar o robe e vestir um vestido. Portanto, com uma lucidez total”, revela o sobrinho, que tinha já avisado o hospital que ia levar a tia às urgências. 

 
"O primeiro exame foi muito tranquilizante porque não parecia haver nenhuma hemorragia importante intracraniana. Nem importante, nem qualquer hemorragia. E, entretanto, três horas depois, estava em coma."

Médico, Eduardo Barroso disse que o primeiro TAC, por volta das 23:00 de quinta-feira, não fazia crer que, horas depois, entrasse em coma. Os resultados do segundo TAC revelaram uma “hemorragia intracraniana“ que provavelmente  é irreversível”, como confirmou  à TSF.

Eduardo Barroso disse que todos na família estão a viver este “drama com muito ansiedade”. "Nunca se pode dizer nunca na vida, mas neste momento penso que a situação clinicamente é irreversível”. 

Esta “não foi a primeira vez” que a mulher de Mário Soares caiu nas últimas semanas. 

Mário Soares foi visto a chegar ao Hospital da Cruz Vermelha, esta sexta-feira, pelas 11:00. Os filhos, Isabel e João, também estão junto da mãe. 

O líder do PS já manifestou "grande tristeza" pelo estado de saúde de Maria Barroso. O líder parlamentar socialista, Ferro Rodrigues, também, dizendo que os socialistas acompanham com elevada preocupação

Maria Barroso tem 90 anos

Nascida a 2 de maio de 1925, na Fuseta, em Olhão, Maria Barroso casou em 1949 com Mário Soares, quando este se encontrava preso por motivos políticos, que foi seu colega na faculdade de Letras, onde se licenciou em Ciências Histórico-Filosóficas.

Licenciada em Histórico-Filosóficas, com o curso de arte dramática do Conservatório Nacional, Maria Barroso possui ainda Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Aveiro, pela Universidade de Lisboa e pelo Lesley College de Boston.

Presidente da Pro Dignitate - Fundação de Direitos Humanos e da Fundação Aristides de Sousa Mendes, Maria Barroso foi agraciada com 28 condecorações e outras distinções académicas e honoríficas entre as quais a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade [Portugal].

Foi ainda pedagoga, deputada, foi uma das fundadoras do Partido Socialista, liderado por Mário Soares, na Alemanha, em 1973. Pertence a 31 organizações nacionais e internacionais. 

Tem dois filhos, João e Isabel  e cinco netos.