Depois dos problemas com o tratamento de aneurismas aos fins-de-semana, o candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa disse este sábado que têm de ser apuradas responsabilidades, mas que, ao mesmo tempo, não se pode perder a confiança no Serviço Nacional de saúde.

“A democracia exige apuramento de responsabilidades. O que é que aconteceu? Porque é que aconteceu? Isto para que esta morte, ou eventualmente as mortes que de que se fala, tenham no fundo, no drama que representaram, um sentido útil, esse sentido útil é salvar vidas no futuro”, disse esta tarde Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas no Hospital São José.

“É um problema financeiro, mas é um problema que porventura também é organizativo, é isso que deve ser apurado e espero que venha a ser apurado rapidamente. Mas por outro lado, uma palavra de confiança: os portugueses e as portuguesas não devem perder a confiança no Serviço Nacional de Saúde”, concluiu.


Além de David Duarte, mais quatro pacientes terão morrido por falta de assistência médica