A atleta portuguesa Sara Moreira disse este domingo que está «extremamente feliz», depois de ter sido terceira na Maratona de Nova Iorque, na sua estreia na distância.
 
«Estou extremamente feliz com este resultado, nunca pensei à partida que pudesse chegar ao pódio. O facto de ser a minha primeira maratona, uma estreia, não sabia ao certo para aquilo que ia, nunca tinha corrido», disse a atleta à TVI.
 
Sara Moreira subiu este domingo ao pódio em Nova Iorque, nos Estados Unidos, depois de ter terminado a maratona em terceiro lugar. Sara Moreira, medalhada nos 3000 e nos 5000 metros, concluiu os 42 quilómetros e 195 metros da prova com o tempo de 2h26m00s, apenas a 54 segundos da vencedora, a queniana Mary Keitani (2h25m07s). 
  
Sara Moreira nunca tinha corrido uma maratona, mas a inexperiência não se notou e arrecadou a medalha de Bronze. A atleta, que foi mãe há um ano, chegou mesmo a liderar a prova em duas ocasiões. À passagem do quilómetro 32 fixou-se no terceiro posto, onde permaneceu até ao fim da corrida. 

A outra portuguesa, Dulce Félix, precisou de mais 10 minutos que a compatriota para completar a prova (2h35m33s) e terminou já fora das primeiras 10 classificadas, na 12ª posição. 
  
Apenas Jéssica Augusto, em 2001, teve uma estreia melhor numa maratona, tendo na altura completado a maratona, em Londres, em menos de duas horas e vinte e cinco minutos.