As buscas para encontrar o turista alemão que desapareceu domingo nos mares da Achada da Cruz, no norte da ilha da Madeira, vão ser retomadas hoje pelas 09:00, disse o comandante da Capitania do Porto do Funchal.

Félix Marques disse à agência Lusa que a operação de busca deverá iniciar-se pelas «09:00/09:30, já que o local é distante de onde os meios de salvamento podem ficar atracados».

De acordo com o comandante, os meios que vão estar hoje disponíveis são uma embarcação salva-vidas e uma mota de água da autoridade marítima da Capitania do Funchal e um outro salva-vidas do SANAS (Associação Madeirense para o Socorro do Mar).

«As condições meteorológicas estão hoje mais favoráveis. A previsão para hoje é de ondulação entre três e quatro metros de noroeste e o vento também diminui em relação ao dia de ontem [domingo], o que torna a situação mais favorável para efetuar as buscas no local», sublinhou.

Segundo Félix Marques, a previsão é de que «o corpo foi arrastado e, devido à forte agitação marítima, deverá ter ido para o fundo».

Um turista alemão de 63 anos desapareceu domingo no mar na zona da Achada da Cruz, onde existe um teleférico, tendo um seu conterrâneo, que o acompanhava, dado o alerta à PSP do Porto Moniz, cerca das 15:00.