A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira ter detido, em Santa Cruz, na Madeira, um homem pela prática de roubo e sequestro sob ameaça de uma arma de alarme, e que furtou cerca de 1.100 euros.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal do Funchal da PJ, o crime ocorreu na quarta-feira, no concelho de Santa Cruz, "tendo sido roubada uma importância próxima dos mil e cem euros".

De acordo com a PJ, na concretização do crime foi usada uma arma de alarme, "réplica de uma pistola verdadeira de 9 milímetros".

O detido, de 26 anos, é natural da Madeira, mas trabalha no Algarve.

O crime deu-se numa padaria, tendo o suspeito mantido retidos numa casa de banho os funcionários do estabelecimento enquanto perpetrava o crime.

O detido foi presente às autoridades judiciais, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações diárias às autoridades.