[Notícia atualizada às 20h57]

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil do Funchal foi ativado às 18:00 na sequência dos incêndios que lavram desde as 02:30 desta sexta-feira no concelho, informa a câmara.

«Considerando o evoluir dos incêndios que estão a ocorrer no município do Funchal, a Comissão Municipal de Proteção Civil deliberou ativar o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, hoje, dia 16 de Agosto, pelas 18 horas», refere a autarquia, que convocou uma conferência de imprensa para as 19:30.

O incêndio começou às 02:30, na freguesia do Monte, e destruiu alguns anexos e palheiros, além de mato e área florestal, tendo-se agravado ao início da tarde, passando para as zonas altas da freguesia de São Roque.

As chamas chegaram ao Parque Ecológico do Funchal, onde em agosto de 2010 um incêndio destruiu 95% dos seus 1.012 hectares.

Oito pessoas foram transportadas para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, mas sem ferimentos graves.

A combater o fogo estão cerca de 70 elementos das corporações dos Municipais do Funchal, Voluntários Madeirenses, Voluntários de Câmara de Lobos e, ainda, as corporações de Machico, Santa Cruz e Ribeira Brava, além da Polícia Florestal.

Entretanto o presidente da câmara anunciou que arderam cinquenta hectares de mato e floresta. O autarca atribuiu o aparecimento de novos focos a «fogo posto».