Os diretores de serviço do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, demitiram-se, esta quinta-feira, em bloco. De acordo com informações que a TVI apurou, só o diretor do serviço de ortopedia não assinou a demissão coletiva.

Ao todo, demitiram-se 17 diretores de serviço, que alegaram falta de condições de trabalho, entre elas falta de pessoal e falta de material médico, assim como falha no pagamento de horas extraordinárias.

A decisão dos médicos foi tomada após uma reunião esta quinta-feira de manhã.

Para ultrapassar a situação, o Governo Regional nomeou já uma nona presidente para o Conselho de Administração. Trata-se da responsável pelas Sociedades de Desenvolvimento da Madeira, Maria João Monte.