Segundo Pedro Félix Marques, o corpo foi detetado ao final da tarde “por um pescador da localidade, que o resgatou e trouxe para o varadouro de Câmara de Lobos”.

O responsável da autoridade marítima regional adiantou que o homem já está identificado como sendo “natural e residente no bairro da Torre”, naquele concelho a oeste do Funchal.

 

“Neste momento são ainda desconhecidas as causas da morte”, concluiu.