aeroporto da Madeira continua condicionado devido ao vento forte. Esta manhã o primeiro voo que partiu em direção ao Funchal foi o da easyJet, sendo que o segundo voo, o da TAP aguarda ainda na pista do aeroporto de Lisboa.

Um outro também da TAP, previsto para as 9:30 deverá ser desviado para o Porto Santo, com os passageiros a serem depois transportados por barco para o Funchal, segundo apurou na Portela a jornalista da TVI. 

A final no balcão da TAP, com destino à ilha da Madeira começa esta manhão a ceder.

Até à meia-noite foram cancelados 36 voos, 18 partidas e 18 chegadas, segundo números da agência Lusa. Que adianta que ontem foram apenas efetuados 42 voos, 21 partidas e 21 chegadas.

Os ventos fortes fazem-se sentir desde sexta-feira no principal aeroporto do arquipélago. Centenas de voos foram cancelados ou sofreram atrasos, afetando mais de 15 mil passageiros.

A Madeira e toda a faixa costeira ocidental vão estar entre hoje e quarta-feira sob ‘aviso amarelo’ devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora, disse o meteorologista Bruno Café.

O vento vai manter-se moderado a forte de nordeste com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora nos extremos leste e oeste e nas terras altas da ilha da Madeira. Há um aviso ‘amarelo’ até ao final de quarta-feira, mas é possível que se estenda até quinta-feira”, disse à agência Lusa o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Esta situação, já levou ao cancelamento de vários voos desde sexta-feira.

De acordo com o especialista, a tendência será para um enfraquecimento do vento na quinta-feira, que será mais notório na sexta-feira.

Temos também ‘aviso amarelo’ por causa do vento para toda a faixa costeira ocidental. O vento vai manter-se moderado a forte no litoral oeste com rajadas da ordem dos 75 quilómetros por hora durante a tarde”, disse.

De acordo com Bruno Café, para hoje está emitido ‘aviso amarelo’ de vento para os distritos de Leiria, Lisboa e Faro, que estará em vigor até ao final do dia de quarta-feira.

Amanhã [quarta-feira] toda a faixa costeira ocidental (Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Coimbra, Setúbal, Beja e Faro) vai estar sob ‘aviso amarelo’, prevendo-se rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora”, adiantou.

O ‘aviso amarelo’, o terceiro mais grave, significa situação de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

Segundo o meteorologista do IPMA, o vento vai intensificar na quarta-feira e na quinta-feira espera-se uma melhoria, que será mais notória na sexta-feira.

“Os próximos dias serão marcados por céu muito nublado, ou limpo. Hoje vamos ter uma pequena descida da temperatura nas regiões do interior e Algarve, mas a partir de quinta-feira está prevista uma subida da máxima da ordem dos 04 a 08 graus Celsius”, explicou.

Bruno café adiantou que a subida da temperatura será mais notória na região sul e litoral norte e centro.