Um homem de 46 anos foi detido em Lousada, no distrito do Porto, por violência doméstica, tendo ficado com pulseira eletrónica por decisão do tribunal, informou hoje a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Num comunicado citado pela Lusa, o Comando Territorial do Porto da GNR revelou que a detenção do suspeito, «altamente agressivo e violento para com a vítima», se deu na sexta-feira, na freguesia de Lodares, concelho de Lousada, em cumprimento de mandados de detenção fora de flagrante delito.

Presente no Tribunal de Instrução Criminal do Marco de Canavezes no mesmo dia, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de pulseira eletrónica, proibição de contacto com a vítima por qualquer meio e proibição de aquisição ou uso de armas de fogo ou de outros objetos “capazes de facilitar a continuação da atividade criminosa”.

Também hoje, a GNR revelou, num outro comunicado, ter sido detido um homem de 25 anos por cultivo e tráfico de droga, tendo sido encontradas três estufas numa busca.

De acordo com este comunicado enviado pela GNR, a operação foi realizada na sexta-feira, desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal do destacamento de Vila Nova de Gaia.

Na sequência da busca a casa do suspeito foram apreendidas 22 plantas de cannabis, 95 gramas de haxixe e igual quantidade de liamba, para além das três estufas «devidamente equipadas para a transformação do produto estupefaciente».