A BBC Brasil chama-lhe a «terra dos dinossauros», em Portugal, e dá destaque à Lourinhã na sua edição digital. A descoberta recente daquele poderá ser o maior predador da Europa trouxe, de novo, lugar de destaque à cidade por motivos científicos.

Em março último, os paleontólogos Christophe Hendrickx e Octávio Mateus, da Universidade Nova de Lisboa, anunciaram uma nova espécie de dinossauro carnívoro, com 150 milhões de anos, descoberto na Lourinhã, o maior predador terrestre desse período.

A BBC destaca que a cidade de apenas sete mil habitantes recebe, anualmente, 25 mil turistas graças aos vestígios paleontológicos da região. «As suas rochas são, graças a sua geologia e acessibilidade, um tesouro de fósseis da era jurássica», lê-se no artigo.

A jornalista que escreveu a reportagem diz também que a Lourinhã é conhecida por outro motivo: «é uma das únicas três do mundo reconhecidas como produtoras de conhaque (as outras, mais famosas, são Cognac e Armagnac, ambas na França)».

No entanto, os dinossauros têm ganho lugar de destaque e a jornalista ressalva que quase todos os negócios têm, por exemplo, a palavra «dino» no seu nome.

A nova espécie identificada na região já foi batizada como «Lourinhanosaurus». «A espécie recebeu o nome da cidade, o que para nós foi muito icônico», afirmou Octávio Mateus à BBC.