O lançamento do livro "Harry Potter and the Cursed Child - Parts I & II", na Livraria Lello, no Porto, foi “mágico” para milhares de fãs que esperaram horas para o ter, em noite repleta de música, feiticeiros e porções mágicas.

Quando soaram as 00:00, as portas da livraria, onde estavam mais de 5.000 livros, abriram-se por magia e Patrícia Jones, de 17 anos, depois de 35 horas à espera, foi a primeira, em Portugal, a ter a “tão desejada” obra.

Depois de uma noite ao relento, de muito cansaço, de poucas horas de descanso e de enorme ansiedade, Patrícia Jones, a viver em Lisboa, não conteve as lágrimas e desabafou: “valeu tudo a pena”.

Hoje, já não vou conseguir ler o livro porque tenho mesmo de descansar, dormi uma hora a noite passada”, disse.

“Apaixonada” pelo feiticeiro Harry Potter desde os três anos, altura em que começou a ver os filmes da saga, Patrícia Jones revelou que o que a cativa é a história em si.

Sempre adorei Harry Potter e não seria capaz de deixar escapar esta oportunidade e sinto-me fantástica por ser a primeira, nunca pensei conseguir”, contou.

Depois de Patrícia Jones, o corrupio de miúdos e graúdos na livraria, vestidos de feiticeiros e com vassouras e varinhas mágicas na mão, não parou e, à saída, ouviam-se risos e gritos de euforia.

Miguel Novo, da Póvoa de Varzim, esteve 10 horas na fila, mas não se arrepende “um segundo” porque a capa do livro é “mesmo muito linda”.

Ainda não tive tempo de o abrir, mas a capa é linda, nunca mais vou esquecer este dia, é uma enorme felicidade”, comentou.

Apesar de cansado pelo dia longo, Miguel Novo afirmou ter “adrenalina” para chegar a casa e começar a ler as primeiras páginas porque a curiosidade é “demasiada”.

Antes da abertura de portas, dois “feiticeiros das alturas” desceram pela fachada da Lello, enquanto personagens da saga, interpretadas por atores, tiravam `selfies´ com os fãs, ofereciam porções mágicas e adivinhavam o futuro.

O dia do lançamento não foi escolhido ao acaso, visto que 31 de julho é a data de aniversário da autora J. K. Rowling e da personagem Harry Potter.

O livro, desenvolvido por J. K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, é oficialmente a oitava história da série e retrata os 19 anos que se seguiram após o final de Harry Potter e os Talismãs da Morte - Parte 2.

Um dos protagonistas da história é Albus Severus Potter, filho do Harry Potter e de Ginny Weasley.

O fascínio por Harry Potter vai mais longe e, exemplo disso, é a tatuagem no braço de Mafalda Santos, de 17 anos, alusiva à saga.

Depois de mais de 10 horas de espera, a jovem afirmou estar “muito feliz” porque fez imensos amigos.

Acompanhado pelos pais, Tiago Melo, de 10 anos, confessou que não vai comprar o livro porque não percebe inglês, por isso, tem de esperar pela versão portuguesa.

Ao fim de 15 horas, Mafalda Moreno, de Gaia, conseguiu obter um exemplar que, confidenciou, “vai ler sem parar” em casa, depois de beber todo o café que lá houver.

Isto é a história das nossas vidas”, realçou.

Segundo Minês Castanheira, do Bairro dos Livros, projeto de animação literária e urbana do Porto, esta festa pretendeu proporcionar “um bom momento e uma boa experiência” aos fãs da saga.