O livro «A noite das mulheres cantoras», da escritora Lídia Jorge, é finalista do Prémio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, que distingue o melhor romance de literatura portuguesa publicado recentemente no Brasil.

O galardão tem um valor pecuniário de 49.000 euros e os dez finalistas foram revelados na terça-feira em Porto Alegre, Brasil.

Editado em 2011, «A noite das mulheres cantoras» narra a história de um «grupo de cinco raparigas que têm uma ambição que é normal, mas que se torna desmedida em relação àquilo que elas podem realizar», disse na altura a escritora em entrevista à agência Lusa. «O livro tece-se em torno dessa relação de poder que se estabelece no interior do grupo e da sua relação com a sociedade que a envolve», acrescentou.

«É um romance, de certa forma, de geração ¿ definiu Lídia Jorge -, é um livro de instrução em torno da construção de figuras muito jovens que aprendem a viver e se tornam adultas sob o efeito do impacto dos seus atos em relação a um projeto que as ultrapassa».

O romance também é este ano semifinalista do Prémio Portugal Telecom de Literatura e esteve indicado para o prémio Fernando Namora.

O Prémio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, ao qual concorreram, nesta edição, 326 obras de língua portuguesa editadas entre junho de 2011 e maio de 2103, foi criado em 1999 pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

O vencedor será anunciado no próximo dia 27, na Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo.