obras de requalificação da frente ribeirinha







“Atualmente os automóveis ocupam, em circulação e no pouco estacionamento que há, 60% desta área e queremos inverter essa relação e dar 60% da área à circulação dos peões, ao estar das pessoas”, disse o arquiteto projetista, Bruno Soares, numa visita realizada ao local no início de dezembro.






nova frente ribeirinha