Uma petição pública contra a retirada da calçada portuguesa foi lançada esta sexta-feira, em Lisboa. A iniciativa partiu do MyiArts, entidade de apoio às artes, cultura e turismo. «Trata-se de um crime contra a cultura portuguesa. Um pedaço de história que é de todos e de cada um, um cartão-de-visita a quem vem à capital portuguesa» refere o MyiArts.

A associação considera que esta medida vai contra a preservação do património cultural da cidade de Lisboa e sugere a «criação de mais ciclovias e rebaixamento de passeios».

A retirada da calçada portuguesa integra o Plano de Acessibilidade Pedonal e foi aprovada por unanimidade na terça-feira passada. O plano visa facilitar a mobilidade na cidade de Lisboa até 2017.

Segundo João Afonso, Vereador dos Direitos Sociais da Câmara Municipal, o objetivo é tornar a cidade de Lisboa acessível a «todas as pessoas, de todas as idades, com e sem deficiência, com mais e menos condições para andar a pé».

O plano visa prevenir novas barreiras e adaptar as estruturas já existentes, assim como o acesso aos transportes públicos. No entanto, a Câmara de Lisboa assegura que não irá proceder a uma substituição integral da calçada.

Link para a Petição