A grua utilizada nas obras de recuperação do edifício que ardeu na madrugada de quarta-feira na rua Rodrigo da Fonseca começou esta quinta-feira a ser desmontada, avançou à Lusa o vereador Segurança e Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa.

Em declarações à Lusa, Carlos Castro explicou que esta quinta de manhã a grua que estava a ser utilizadas na obra do nº 45 começou a ser desmontada e prevê-se uma nova vistoria de técnicos da Camara Municipal de Lisboa e dos responsáveis da obra durante a parte da tarde.

O incêndio que deflagrou, na madrugada de quarta-feira, no edifício em obras no n.º 45 da rua Rodrigo da Fonseca, foi dado como controlado às 03:30 de quarta-feira, tendo entrado, em seguida, em fase de rescaldo.

Estiveram reunidos no local do incêndio, técnicos da autarquia lisboeta, dos sapadores bombeiros de Lisboa e da proteção civil municipal para averiguar a situação do edifício e dos elementos utilizados na obra, nomeadamente a grua, cuja cabina também foi atingida pelas chamas.

Segundo Carlos Castro, na quarta-feira houve um primeiro levantamento do que aconteceu e foi feita uma primeira avaliação.

«Agora os relatórios vão ser cruzados e logo sairá uma decisão» em relação ao futuro do edifício, reporta a Lusa