Doze suspeitos da “prática de crimes de roubo, furto qualificado, posse de armas proibidas, falsificação de documentos e tráfico de estupefacientes” na Área Metropolitana de Lisboa foram detidos em Sintra, anunciou esta quarta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

A investigação “tem vindo a ser desenvolvida desde o ano passado e a operação envolveu cerca de 150 investigadores”, avançou a polícia em comunicado, adiantando que foram realizadas 34 buscas domiciliárias.

Os detidos, uma mulher e 11 homens com idades entre os 22 e os 44 anos, tinham em sua posse “duas armas de fogo, quatro viaturas, uma das quais furtada, centenas de doses de cocaína e haxixe, bem como objetos e bens demonstrativos do cometimento da atividade criminosa”, informou a PJ.

A detenção ocorreu através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, em cumprimento de um mandato emitido pelo Ministério Público.

Os suspeitos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, “no qual serão sujeitos às medidas de coação adequadas”.