O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve um homem por furto de um dos corrimões de cobre que protegem a estátua do Marquês de Pombal, no centro da cidade, anunciou hoje a entidade policial.

Na sexta-feira, pelas 13:00, a PSP, através da 1.ª Divisão Policial, deteve em flagrante delito, na Praça Marquês de Pombal, em Lisboa, «um homem, com 44 anos de idade, pela prática do crime de furto de bem cultural com valor histórico», relata a polícia.

Os agentes policiais encontravam-se em patrulhamento e depararam-se com um homem «a ausentar-se na posse de um dos corrimões de cobre, que integra a estátua do Marquês de Pombal».

Ao ser surpreendido pelos polícias, o suspeito, que não ofereceu resistência, tinha também na sua posse uma serra manual destinada ao corte de metal, que foi apreendida.

O detido foi conduzido ao Comando Metropolitano de Lisboa, onde recolheu às celas de retenção provisória e foi hoje apresentado ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações quinzenais, informou ainda a PSP.