Os dois feridos no acidente nas obras do terminal de cruzeiros do Porto de Leixões encontram-se em «estado ligeiro e moderado», disse à agência Lusa fonte do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, no qual deram entrada «politraumatizados».

Segundo a mesma fonte, o homem em «estado ligeiro» deverá ser submetido a uma «pequena cirurgia» e ter alta ainda hoje.

Já o ferido moderado apresenta um traumatismo cranioencefálico, está ainda a ser observado no Hospital Pedro Hispano e deve ser operado no Hospital de São João, no Porto.

Uma plataforma elevatória caiu hoje no Porto de Leixões, ferindo gravemente dois trabalhadores, dois homens de 33 e 34 anos que estavam a trabalhar no terminal de cruzeiros.

Em declarações à agência Lusa, o vogal do conselho de administração da Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL) Braga da Cruz, que esteve no local do acidente, explicou que o mesmo aconteceu durante a montagem dos envidraçados no último piso do terminal de cruzeiros daquele porto.

Inicialmente tinha sido avançado pela capitania do Porto de Leixões que os dois feridos estariam em «estado grave», mas essa situação não se verificou.