Um turista francês morreu este sábado ao cair de uma altura de cerca de 100 metros na Levada do Norte, no troço que liga o Calvário, no Estreito de Câmara de Lobos, ao Garachico, no concelho de Câmara de Lobos.

"O turista ia integrado num grupo, parou para tirar uma fotografia e alegadamente terá escorregado e caiu no precipício", disse uma fonte dos Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos (BVCL), na Madeira, à agência Lusa.

O turista, de 81 anos, fazia a levada de três quilómetros.

O alerta ao Serviço Regional de Proteção Civil foi dado pelas 15:50, tendo os BVCL deslocado para o local 12 homens, entre os quais uma equipa de montanha, e uma ambulância.

As levadas são cursos de água com uma plataforma para trânsito de pessoas que serpenteiam a ilha e constituem um dos atrativos turísticos da Madeira.