Dois quadros relevantes da obra de Paula Rego, incluindo um dos raros autorretratos da pintora portuguesa, vão a leilão na próxima semana, em Londres, com estimativas que variam entre os 260 mil e um milhão de euros.

"Border Patrol: Self-portrait with Lila, Reflection and Ana" é um trabalho de pastel sobre papel, de 2004, no qual, além de Lila Nunes, a modelo que a pintora portuguesa mais frequentemente usa, e Ana, outra colaboradora, surge também a própria Paula Rego.

Lila está sentada numa cadeira de madeira, olhando para o seu reflexo num pequeno espelho que Ana segura à sua frente, mas, em vez de mostrar a cara de Lila no espelho, a artista pinta o seu próprio rosto.

A obra fez parte da mostra de 150 obras de Paula Rego, patente no Museu de Serralves, em 2004, e da retrospetiva dedicada à artista, pelo Museu Reina Sofia, em Madrid, em 2007-08, que viajou depois para o Museu Nacional de Mulheres nas Artes, em Washington.

Com uma estimativa base situada entre 200 mil e as 250 mil libras (de 260 mil a 325 mil euros), o quadro vai a leilão no dia 12 de fevereiro, pela Christie's, o segundo de dois dias de venda de arte contemporânea e do pós-guerra, que inclui obras de Yves Klein, Peter Doig, Francis Bacon, Lucian Freud, David Hockney, Yves Klein, Gerhard Richter, Lucio Fontana e Jean Dubuffet, entre outros.

Com expectativa de um valor bem mais elevado, entre as 500 mil e as 700 mil libras (687 mil e 961 mil euros), está "The Bullfighter's Godmother" ("A madrinha do toureiro"), um quadro de acrílico em papel sobre tela, datado de 1990-91, que é levado à praça pela Sotheby's, em Londres, no próximo dia 10 de fevereiro.

De acordo com as notas da leiloeira, que leva esta obra à praça, juntamente com outras peças de arte contemporânea, este é um dos melhores exemplos do trabalho de Paula Rego e faz parte de um dos períodos mais significativos da sua carreira.

A imagem mostra um quarto austero e sem janelas, onde estão de pé os dois protagonistas: a madrinha a dar os últimos retoques no fato do toureiro, enquanto uma rapariga aguarda sentada, com a capa do toureiro sobre as pernas.

"Em 'The Bullfighter's Godmother', Rego pega na longa tradição da história de arte de retratos de toureiros, de Velázquez a Goya, Manet e Picasso", lê-se no catálogo.

Porém, acrescenta a apresentação da Sotheby's, "em vez de se centrar no heroísmo e dinamismo da tourada, Rego fixa a sua inimitável visão artística na tragédia pessoal que tem lugar por detrás de portas fechadas, longe do espetáculo público da praça de touros".

Apesar de ter pertencido até agora à coleção privada de um norte-americano, a tela fez parte de muitas exposições no Reino Unido, incluindo no museu The National Gallery, em 1991, após um período da pintora como artista associada.

O interesse de colecionadores internacionais nas obras de Paula Rego faz o seu valor subir substancialmente em leilão: em julho de 2015, "The Cadet and his Sister", que tinha uma estimativa inicial situada entre 600 mil e 800 mil libras (846 mil euros e 1,130 milhões de euros no câmbio da altura), acabou por ser arrematado por valor recorde de 1.145.000 (1.614.795 euros).

A Sotheby's leva a leilão no dia seguinte, 11 de fevereiro, outro quadro de Paula Rego, designado "Untitled (Girl Shaving a Dog)" ["Sem título (Rapariga a fazer a barba a um cão)"], um pequeno acrílico sobre papel, com uma estimativa base de 60 mil a 80 mil libras (83 mil a 110 mil euros).