Serviços mínimos nos exames «salvaguardam interesses dos alunos»