Um homem de 55 anos morreu, neste domingo, na sequência do rebentamento de fogo-de-artifício em Lamas de Ôlo, concelho de Vila Real, disse fonte da GNR.

Segundo a fonte, a vítima supostamente iria lançar os foguetes quando foi atingida, encontrando-se sozinha na altura do acidente.

O alerta foi dado por volta das 23:00, numa altura em que estava a decorrer a festa da aldeia, que fica localizada no Parque Natural do Alvão.

A fonte referiu que o lançamento dos foguetes estava devidamente licenciado para esta festa popular.

A GNR está a investigar as causas do acidente e a investigar se foram cumpridas todas as regras de segurança.

Para o local foram acionados os bombeiros da Cruz Branca de Vila Real, que também ajudaram no apoio psicológico aos familiares e amigos.

Fonte dos bombeiros disse que a vítima foi atingida na cabeça.

A população ficou muito exaltada com a chegada dos jornalistas ao local, com alguns populares a mostrarem-se agressivos e tendo, inclusive, chegado a bater no carro dos correspondentes de uma das televisões