Uma suspeita de fuga de gás na cozinha da Escola EB 2,3 de Lagares, em Felgueiras, que mais tarde não se confirmou, obrigou, esta quinta-feira, à evacuação do estabelecimento, disse à Lusa o comandante dos bombeiros.

Júlio Pereira contou à Lusa que o alarme foi dado cerca das 13:30 quando funcionárias da cozinha detetaram o pavimento levantado e estalado na zona junto aos fogões da cozinha e onde passava as condutas de gás.

Face à suspeita de se tratar de uma fuga, foi ordenada a evacuação dos alunos, cumprindo os procedimentos de segurança neste tipo de situações.

A escola acabou por ordenar a suspensão, para a tarde, das atividades letivas.

O estabelecimento chamou os técnicos da empresa fornecedora de gás que não confirmaram a existência de qualquer fuga, explicou ainda o comandante dos bombeiros.