Um grupo de cerca de 80 pessoas envolveu-se hoje de madrugada em confrontos junto à discoteca La Movida, na zona industrial do Porto, tendo provocado ferimentos em dois jovens, um dos quais ficou em estado considerado grave.

Em declarações à agência Lusa, o oficial de dia da PSP do Porto disse que o desentendimento terá começado no interior da discoteca, alegadamente por causa de uma mulher.

Já na rua, o ferido mais grave, com 21 anos, terá sido “violentamente agredido a murro e pontapés” por “cerca de 30 pessoas”, referiu a fonte.

Segundo indicações dadas à polícia, a maioria dos agressores são residentes no Bairro social do Viso, que fica muito próximo da discoteca, e os agredidos são da zona de Custoias, Matosinhos.

O ferido mais grave foi transportado para o Hospital de Santo António, onde permanece internado, e o segundo foi para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, mas já teve alta.

Os incidentes registaram-se cerca das 05:30.