A mãe de Madeleine McCann, desaparecida em maio de 2007, afirmou que continua a regressar a Portugal «uma ou duas vezes» por ano para «procurar respostas».

Numa entrevista à BBC, Kate McCann diz que regressa «discretamente» ao local onde Maddie foi vista pela última vez, para «andar pelas ruas», e para se sentir mais próxima da sua filha.

«Eu costumo voltar. Não vou lá desde abril [do ano passado], mas costumo voltar por razões pessoais. Uma ou duas vezes por ano», afirmou Kate.

A mãe de Maddie afirmou que gosta de ser discreta nas suas visitas à praia da Luz, pois sabe que os habitantes locais não gostam da publicidade que as suas vindas geram.

«É difícil porque não queremos voltar e geral "publicidade", porque sei que os habitantes locais não gostam disso, e ainda que tenhamos bons amigos na praia da Luz, eu sei que algumas pessoas só querem que [o caso] desapareça. Então quando vou, sou discreta», continuou.

McCann diz que cada visita é uma oportunidade de se sentir mais perto da filha. «Foi o último sítio onde estivemos com a Madeleine, e ainda passeio pelas ruas à procura de respostas. Isso ajuda-me».

Quando questionada sobre se estavam a preparar alguma coisa especial para assinalar o sétimo aniversário do desparecimento, McCann afirmou para ela será mais difícil suportar o aniversário da criança, que faria 11 anos perto da data.

Numa entrevista à «Sky News», os pais de Maddie afirmaram que neste momento, o importante é descobrir o que aconteceu naquela noite de 2007.

«Obviamente a nossa esperança é que ela esteja viva e bem cuidada, mas independentemente da verdade, só queremos saber. Todos nós precisamos de saber», afirmou McCann.