«É número recorde, nunca o Tribunal na sua vida até ao momento tinha proferido um número tão elevado de decisões, tanto mais significativo quanto no ano de 2014 não houve eleições autárquicas, que dão sempre azo a largas dezenas de decisões.»