O suspeito foi detido na segunda-feira e foi presente esta tarde ao Tribunal de Instrução criminal de Coimbra, que decretou aquela medida de coação.

"O homem começou a assediar insistentemente uma jovem de 19 anos que foi residir para próximo da sua habitação, mas não foi correspondido. Certo dia seguiu-a e, numa zona afastada, com arvoredo, consumou o ato de violação", explicou fonte da Diretoria do Centro.

O detido tem antecedentes criminais, com condenações por furto e posse de arma proibida, e está também acusado de um crime de violação de um menor, ocorrido em 2014.

Sem trabalho e profissão definida, o presumível autor do crime reside com os pais numa localidade no concelho de Arganil.