A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira, a detenção de dois homens suspeitos da prática de crimes de rapto, roubo, ofensas à integridade física, ameaças, coação grave e posse de arma proibida.

A investigação, dirigida pelo Ministério Público de Sintra, apurou que os detidos tinham um plano mediante o qual pretendiam extorquir dinheiro à vítima, tendo-a mantido em cativeiro durante quase três dias, período durante o qual a agrediram fisicamente, sujeitando-a às mais diversas formas de coação e ameaças.

Os detidos, com 20 e 21 anos, mas já com antecedentes criminais por crimes violentos, vão ser submetidos a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

A Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) da PJ adianta que um terceiro autor dos crimes já tinha sido anteriormente detido pela polícia.