O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, comprometeu-se na terça-feira, junto de um grupo de vítimas, a exigir à guerrilha das FARC que devolva as pessoas desaparecidas durante o conflito armado.

A diretora da Fundação Vítimas Visíveis, Diana Sofía Giraldo, disse aos jornalistas que o Presidente “se comprometeu pessoalmente” a pedir às Forças Revolucionárias da Colômbia (FARC) a “devolução” das pessoas que desapareceram em consequência da violência.

O Governo colombiano e as FARC assinaram, no passado dia 26 de setembro em Cartagena, um acordo de paz após quase quatro anos de negociações em Havana. O acordo foi votado em referendo a 02 de outubro, tendo vencido o ‘Não’, com 50,21% dos votos.