Um corpo foi encontrado este domingo no mar próximo de Vila Nova de Milfontes, com as autoridades a suspeitarem que se trate do cadáver do jovem de 23 anos que desapareceu na terça-feira naquela praia do concelho de Odemira (Beja).

Tudo indica que seja o mesmo jovem”, disse à agência Lusa o comandante da Polícia Marítima de Sines, José António Gouveia, explicando que o corpo foi encontrado na água, "numa zona de rochas, aproximadamente, no local onde tinha desaparecido, por um familiar que também estava à procura e que alertou” as autoridades.

O corpo, por volta das 14:30, depois de ser retirado das rochas, foi transportado, numa lancha da Polícia Marítima, para os serviços de Medicina Legal do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, acrescentou.

“Agora, vão decorrer os procedimentos normais de reconhecimento do corpo e de declaração do óbito”, referiu o comandante José António Gouveia, que é também capitão do Porto de Sines.

O alerta para o desaparecimento do homem, que estava à pesca com um irmão, foi dado na terça-feira, cerca das 15:30, tendo as buscas para o encontrar começado de seguida.

Segundo José António Gouveia, o jovem, "a pedido do irmão, foi buscar um balde de água ao mar, que estava agitado”, e foi então que “deve ter sido apanhado por uma onda e desapareceu", numa zona de rochas, a norte do Portinho do Canal, em Vila Nova de Milfontes.

As buscas desenvolvidas desde terça-feira envolveram uma lancha da Estação Salva-Vidas de Sines, no mar, e elementos da Polícia Marítima e da Capitania do Porto de Sines, em terra, com apoio de bombeiros de Vila Nova de Milfontes e da GNR.