José Sócrates foi detido há um ano. A 21 de novembro de 2014 e pela primeira vez na história da democracia portuguesa um ex-primeiro-ministro era detido, num caso de Justiça que captou atenções mediáticas dentro e fora de portas. Em causa estavam crimes de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção.

Foi detido, interrogado e depois preso preventivamente na cadeia de Évora. Há pouco mais de um mês, a 16 de outubro, José Sócrates foi libertado.

Um ano depois, a investigação denominada pelas autoridades de Operação Marquês conta com 12 arguidos. 

Durante um ano, houve um pouco de tudo: pormenores do processo que foram divulgados pela imprensa, acusações dos advogados, cartas do próprio José Sócrates a jurar inocência, manifestações de apoio junto à cadeia de Évora, efeitos políticos num ano de eleições legislativas.
 

Recorde através da infografia os principais acontecimentos deste caso: