"A mediatização do escândalo político em Portugal no período democrático"






"Os ataques à justiça e aos ‘media’ não devem ser desvalorizados. [José Sócrates] tanto tem amigos para a vida como inimigos para a vida e isso é percetível na forma como é tratado", apontou.







"Terá de se pensar no segredo de justiça e tomar importantes decisões: ou se mantém e se pune quem o prevarica ou então abre-se o segredo de justiça"