É uma história de sorte e azar. Um apostador português ganhou, em 2013, mais de 13 milhões de euros no «Joker» do Totoloto, mas nunca reclamou o prémio.

Não se sabe ao certo o que aconteceu, se o particular anónimo perdeu o talão ou se nem deu conta que ficou milionário. A verdade é que mesmo com os impostos nunca tinha acontecido um prémio tão grande ficar por reclamar.

Como ninguém apareceu com o número do «Joker» sorteado o dinheiro voltou à santa casa para ser redistribuído pelos habituais benificiários.