“Creio que quando o Senhor Cardeal Patriarca se referia a 4 mil famílias referia-se também a um processo de acolhimento ao longo do tempo e de modo a que estas condições de acolhimento e de hospitalidade das paróquias se pudesse efetivar. Este é um número adiantado que poderá ser um pouco maior do que foi avançado pela Comissão”.


“Já existem no terreno instituições capazes, ligadas às paróquias muitas delas, de fazer o acolhimento de famílias e portanto, é a partir dessa experiencia também que esta plataforma da sociedade civil quer e se lançou neste desafio de acolhimento a refugiados”.