Um avião da companhia aérea israelita Israir foi esta segunda-feira arrestado no aeroporto de Lisboa, por uma dívida de “vários milhões de euros” à Euroatlantic, confirmou à Lusa o presidente da transportadora portuguesa, Tomaz Metello.

A notícia tinha sido avançada pelo ‘site’ Presstur, que adiantou que o aparelho chegou ao aeroporto da Portela esta manhã e deveria regressar ainda hoje com um grupo de turistas israelitas, que estava de visita a Portugal.

A dívida já tem sete anos, sendo que a Euroastlantic levou o caso para a justiça, até ao Supremo Tribunal, que decidiu a seu favor em dezembro passado.

“Apesar de termos ganho no Supremo, continuavam a não pagar e foi por isso que mandámos arrestar o avião”, afirmou o presidente da Euroatlantic.

De acordo com o mesmo responsável, o presidente da Israir desloca-se a Portugal na terça-feira para tentar resolver a situação.

O aparelho em causa é um Airbus A320 e tinha chegado de Tel Aviv pelas 10:30, devendo partir com outros passageiros ainda hoje, de regresso à cidade israelita, mas foi arrestado e os passageiros transportados para um hotel, confirmou por seu turno uma fonte oficial da ANA, empresa gestora do aeroporto de Lisboa.