A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou desde a tarde de terça-feira um total de 225 ocorrências, sobretudo quedas de árvores por causa do vento, e os distritos mais afetados são Coimbra, Aveiro e Viseu.

Segundo disse à Lusa o comandante Miguel Oliveira, da ANPC, “desde as 15:00 de dia 26, que foi o inicio do estado alerta especial, até às 06:00 de hoje, tivémos no total 225 ocorrências, sendo que maioritariamente temos quedas de árvores”, com 81 casos.

Os distritos mais afetados, tal como já tinha vindo a acontecer durante o dia ontem [terça-feira], são Coimbra, Aveiro e Viseu”, explicou.

O responsável acrescentou ainda que, além de quedas de árvores, foram também registadas quedas de pequenas estruturas e pequenas inundações.

Com o vento a abrandar, seis distritos permanecem sob aviso laranja, o segundo mais grave, mas por causa do estado do mar, até meio do dia de hoje.