Atualizado às 13:06

Dez barras marítimas estão hoje fechadas à navegação e duas encontram-se condicionadas devido à previsão de forte agitação marítima, de acordo com a informação disponível perto das 12:00 na página da Marinha Portuguesa na Internet.

A Marinha indica que as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Aveiro, Figueira da Foz, Nazaré e São Martinho do Porto estão fechadas devido à forte agitação marítima.

Já a barra de Viana do Castelo está fechada a embarcações de comprimento inferior a 30 metros e a de Leixões a navios de comprimento inferior a 35 metros, de acordo com a atualização publicada no "site" da Marinha, às 11:53.

Por causa do mau tempo, que já provocou estragos por todo o país, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, dez distritos do continente devido à previsão de forte agitação marítima, com ondas de noroeste com nove a 11 metros.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vão estar sob aviso vermelho até às 16:00 de hoje.

Por causa da agitação marítima, o IPMA colocou também a Madeira, até às 12:59, sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, prevendo-se ondas de noroeste com cinco a seis metros.

Também sob aviso laranja estão os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Évora, devido à previsão e vento forte com rajadas da ordem 110 quilómetros/hora e de 130 quilómetros/hora nas terras altas, até às 18:59 de hoje.

Estes mesmos distritos estão sob aviso amarelo devido à queda de neve acima dos 600 metros até às 13:00 de hoje.

Também o grupo Ocidental (Corvo e Flores) está sob aviso amarelo devido ao vento forte até às 12:59 de hoje.