A Avenida da Liberdade e os Restauradores, em Lisboa, vão ter condicionamentos ao trânsito entre terça-feira e segunda-feira, com o encerramento total da avenida no sábado, informou esta segunda-feira a autarquia.

De terça-feira a quinta-feira, existirão condicionamentos no eixo central da Avenida da Liberdade, entre as 00:30 às 06:30, devido à realização da iniciativa «Mega pic nic» do Continente, refere o município em comunicado.

Na quinta-feira, encerrará também, a partir das 21:30, o eixo central entre o cruzamento da Rua Alexandre Herculano e os Restauradores.

Às 21:30 de sexta-feira, dá-se o fecho total do eixo central da Avenida da Liberdade.

A maior perturbação ocorrerá no sábado, com o encerramento total, durante todo o dia, do eixo central e dos atravessamentos da Avenida da Liberdade.

A circulação começará a regressar à normalidade na noite de domingo, às 21:30, com a abertura do eixo central entre o Marquês de Pombal e o cruzamento da Rua Alexandre Herculano.

Ainda assim, só às 06:00 de segunda-feira é que se dá a abertura total da Avenida da Liberdade.

Tendo em conta estas limitações ao tráfego, a Câmara Municipal de Lisboa «apela ao uso dos transportes públicos», nomeadamente do metro, no acesso à Avenida da Liberdade e à baixa pombalina, lê-se na nota divulgada hoje.

De acordo com o comunicado, os autocarros circulam normalmente, com exceção entre as 21:30 do dia 19 até às 05:00 de 23 de junho. Durante estes dias, os autocarros não passam na avenida, deixando os passageiros no Rossio, que depois terão de fazer transbordo de metro usando os atuais bilhetes ou passes mistos, que tanto podem ser usados na Carris como no Metro.

Segundo a autarquia, os condicionamentos não se aplicam a viaturas de emergência, estando assegurado o acesso a parques de estacionamento, a hotéis, a garagens e aos moradores.

Na mesma nota, a câmara refere que as vias laterais estarão sempre em funcionamento, assim como os atravessamentos da Avenida da Liberdade, exceto no sábado.