Um tornado causou estragos em Vilamoura. Faltavam poucos minutos para as sete da tarde desta segunda-feira quando começou a trovejar e se fez sentir um vento intenso que provocou estragos avultados em pelo menos duas moradias.

Pinheiros de grande porte também tombaram com as rajadas, mas não houve registo de feridos.

Mau tempo: 52 voos cancelados na Madeira.

Chuva forte e trovoada no sul do país.

Foi tudo rápido e quase sem tempo para reagir. Manuela, uma testemunha estava deitada, a afilhada de 13 anos a tomar duche e a mãe desta na sala. Trovejou e sentiu-se o vento forte.

Duas vivendas ficaram afetadas com o vento forte em Vilamoura. Das três habitantes na casa apenas Manuela ficou com pequenos cortes na mão devido à grande quantidade de vidros partidos. A casa ficou inabitável, mas está coberta pelo seguro. Quanto às moradoras foram pernoitar na casa de familiares.

Proteção Civil alerta para mau tempo esta terça-feira

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) recomenda à população que adote medidas de autoproteção, devido à previsão de chuva forte e rajadas de vento, entre as 06:00 e as 23:00 desta terça.

Segundo um comunicado da ANPC divulgado na noite de segunda-feira, prevê-se precipitação pontualmente forte e acompanhada de trovoada, além de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

O vento deverá ser forte, do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora, que nas terras altas podem chegar aos 90 quilómetros.

A Autoridade alerta para os perigos rodoviários, com piso escorregadio e formação de lençóis de água na via.

Há também a possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, quedas de árvores e danos em estruturas montadas ou suspensas.

Recomenda-se especial cuidado na circulação junto à orla costeira e em zonas arborizadas.

Não praticar atividades relacionadas com o mar e estar atento à informação meteorológica são outros conselhos, como refere a Lusa.