O diretor do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) não vai afastar da investigação aos contratos de swap o procurador Carlos Casimiro, um dos dois titulares deste inquérito.

Este procurador escreveu no Facebook o seguinte comentário: «Penso que seria de bom tom adiantarmos as coisas e passarmos directamente para a demissão da candidata ao lugar de Gaspar».

Este comentário foi tornado público pela imprensa e de imediato Carlos Casimiro falou com o seu superior sobre o assunto, colocando-se à disposição para qualquer consequência.

Ao que a TVI conseguiu apurar, o diretor do DCIAP não considera que o comentário tenha qualquer relevância para impedir a continuidade no cargo do magistrado que está no departamento desde 2011.