Um empresário do Porto passou 29 horas encarcerado dentro do carro, após um despiste ocorrido na região de Lóbios, na Galiza, tendo sobrevivido a temperaturas «muito baixas», eventualmente negativas.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, José Dias, foi o próprio quem deu o alerta do acidente, pelo meio-dia de segunda-feira.

«Disse que tinha capotado, que tinha caído numa ravina e que não sentia as pernas. As indicações que deu apontavam para que estivesse na Mata da Albergaria, em pleno coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês, nas nós batemos toda aquela zona e não o conseguimos localizar», explicou.

A viatura e o condutor acabariam por ser encontrados pelas 17:00 desta terça-feira, pelas autoridades galegas, numa localidade situada a uns 10 quilómetros da fronteira com Portugal.

«Foi um herói, porque conseguiu sobreviver depois de passar este tempo todo encarcerado, numa zona onde as temperaturas desceram seguramente aos 3, 4 ou 5 graus negativos», afirmou ainda José Dias.