A Segurança Social detetou este ano 247 lares ilegais, que acolhiam quase mil idosos. De acordo com dados do jornal «Correio da Manhã», 79 foram fechados, dos quais 22 foram encerrados com carácter de urgência.

Mais de metade das instituições ilegais detetadas pela Segurança Social encontravam-se na área de Lisboa e Vale do Tejo.

Segundo a Confederação das Instituições Particulares de Solidariedade Social, 10 mil idosos estão em lista de espera para entrar nos lares certificados.