professores tinham sido impedidos de entrar no Parlamento.

oposição pediu no Parlamento fim da prova dos professores.



É «inadmissível» que dezenas de professores não tenham entrado na AR







«Manifestações são um direito lá fora mas um crime dentro da AR»



Galerias têm capacidade para 500 professores mas ficaram semi-preenchidas