A noite da consoada e o dia de Natal vão ser, em Portugal continental, frios e húmidos, com chuva, por vezes forte, e neve na Serra da Estrela, prevê o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O meteorologista do IPMA Ricardo Tavares disse à agência Lusa que, na terça-feira, véspera de Natal, o céu estará geralmente muito nublado, com períodos de chuva por vezes fortes, que passarão a aguaceiros ao fim da tarde, sendo de neve «em cotas próximas dos mil metros». Nesse dia, o vento soprará forte nas terras altas e moderado a forte a sudoeste.

Na quarta-feira, dia de Natal, a tendência será de aguaceiros um pouco por todo o território e queda de neve acima dos 800 metros, em especial nas regiões norte e centro.

Ricardo Tavares adiantou que as previsões apontam para que a noite da consoada e o dia de Natal sejam bastante frios, remetendo a indicação dos valores das temperaturas para mais próximo das datas.

De acordo com o IPMA, é provável a formação de gelo e geada no interior das regiões norte e centro.

Tanto no fim de semana como na segunda-feira, o céu apresentar-se-á muito nublado, sobretudo nas regiões norte e centro, com períodos de chuva fraca, podendo ser de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

Na segunda-feira, ao fim do dia, a chuva moderada estender-se-á um pouco por todo o território continental, precisou o mesmo meteorologista.