Um homem de 52 anos morreu nesta sexta-feira na aldeia de Donões, em Montalegre, após ter sido atacado por um boi, avançou à Lusa fonte dos bombeiros.

Segundo a fonte, o homem, emigrante em França e a passar férias em Portugal, havia regressado do monte com o animal quando, ao pô-lo na corte, levou uma cornada.

«O boi deu-lhe uma cornada na omoplata direita provocando-lhe uma enorme lesão e, por isso, perdeu muito sangue», explicou a fonte.

Os bombeiros foram de Donões, local do incidente, até ao Serviço de Urgências Básicas do Centro de Saúde de Montalegre, cerca de seis quilómetros, em manobras de reanimação, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer.

O corpo da vítima foi transportado para a morgue do Hospital de Chaves.

Na altura do ataque, e segundo relatos dos populares, o animal estaria «assustado e muito agitado».

O homem tinha, em conjunto com um primo, uma sociedade de criação de bois para competir nas chegas - desporto-rei da região barrosã - onde os animais são colocados frente a frente, entrelaçam os cornos, afastam-se e voltam ao confronto que termina quando um dos touros foge, assumindo a derrota.