Milhares de manifestantes, que participam na ação de luta da CGTP, em Lisboa, estiveram concentrados no Cais do Sodré antes do desfile até à Praça dos Restauradores. Os protestos estendem-se a todos os distritos do país.

De acordo com a Lusa, muitos manifestantes têm estandartes da intersindical e de vários sindicatos, vendo-se também bandeiras do Partido Comunista Português, do Bloco de Esquerda e do Movimento Ação Socialista, além de cartazes de organizações como a Associação de Combate à Precariedade e de símbolos nacionais.

«Estou aqui porque quero derrubar esta gente do Governo», disse um manifestante que empunhava uma enorme bandeira nacional no meio da praça.

«Um ladrão terá sempre lugar na governação», lia-se num cartaz nas mãos de um jovem frente à rua do Alecrim.

O trânsito entre o Cais do Sodré e o Chiado, e depois no restante percurso, está condicionado e no local da concentração encontram-se agentes da PSP que controlam o movimento de automóveis junto ao rio Tejo.