O presidente da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior demitiu-se. Há 15 anos no cargo, Virgílio Meira Soares demitiu-se por discordar das políticas de cortes, seguidas pelo governo.

Numa carta publicada nas redes sociais, Meira Soares fala em incompetência e má-fé do executivo e crítica de forma violenta a actuação do ministério da Educação.

«Já não é só incompetência. É estupidez, teimosia, miopia e má-fé», escreve Meira Soares.

O título da missiva é «a miséria global do governo» e, nela, Meira Soares, diz compreender a situação de emergência mas mostra-se indignado com aquilo que considera ser um «ataque de maneira despudorada aos que menos recebem, aos desempregados ou aos doentes».