O secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais do Governo Regional da Madeira, Manuel António Correia, disse este domingo que 80 por cento da área do Porto da Cruz com falta de água deverá tê-la restabelecida até ao final do dia.

«Ao fim do dia de hoje, contamos ter mais de 80 por cento da área da freguesia coberta já com o serviço público de água», disse o governante à margem do encerramento da XIX Semana Cultural da Ilha, no concelho de Santana.

Manuel António Correia admite, no entanto, que "eventualmente nem todos terão água disponível porque há que encher as redes e só a partir daí começa a chegar água à casa de cada um mas, progressivamente, até amanhã de manhã já todos terão água".

«Quanto aos outros 20 por cento esperamos que, segunda-feira ou o mais tardar terça-feira, fazer a recuperação», adiantou.

O secretário regional alerta que apesar da água que está a ser injetada nas redes ser tratada no entanto poderá apresentar-se turva pelo que as pessoas deverão fervê-la.

Manuel António Correia revelou ainda que a partir de segunda-feira equipas da Secretaria estarão no terreno para proceder ao levantamento dos prejuízos ao nível da agricultura.

A forte precipitação que caiu na madrugada de sexta-feira na Madeira (29 de novembro) na afetou sobretudo as freguesias do Porto da Cruz e Santo da Serra, em Machico, bem como algumas zonas do concelho de Santa Cruz.

Segundo o Governo Regional da Madeira, a intempérie provocou cinco feridos ligeiros, avultados prejuízos materiais, danificou seis habitações, deslizamentos de terras, inundações, galgamento de leitos de ribeiras, encerramentos de estradas (Via Expresso, regionais e municipais), destruição de propriedades agrícolas, danificando ainda as redes de água, esgotos e abastecimento de energia.