Lisboa arrisca-se a ficar inundada de lixo a partir desta segunda-feira e até depois do Natal, a fazer fé no pré-aviso de greve do sindicato que paralisa a recolha de lixo na capital. A Câmara alerta para perturbações.

«A Câmara Municipal de Lisboa informa a população da cidade que a anunciada greve, entre as 0 horas do próximo dia 24 de dezembro, às 24 horas do dia 5 de janeiro de 2014, poderá afetar o normal funcionamento do sistema de limpeza e recolha de lixo na capital», refere o comunicado do executivo de António Costa esta segunda-feira.

E, por isso, «a Câmara recomenda a todos os moradores que separem e acondicionem devidamente os seus resíduos domésticos e evitem a sua deposição na rua».

O Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa anunciou no dia 12 o pré-aviso de greve «para os trabalhadores do período diurno da limpeza urbana» nos dias «24, 26 e 27 de Dezembro» e «para os trabalhadores do período noturno da limpeza urbana» nas noites de «23/24, 26/27 e 27/28»



«Todos os trabalhadores da CML» estão em greve no «dia 26 de Dezembro». A «greve ao trabalho extraordinário» vai de «24 de Dezembro a 5 de Janeiro».